Untitled Document
Principal Contra Cheques Fotos Dicas de Segurança Expediente Legislação Humor Fale Conosco
-  Página Principal
Notícias Anteriores

08/03/2011

Acidentes já mataram 9 no Estado

Nove pessoas já morreram nas estradas, no sábado e ontem, neste feriado de carnaval. O maior número de ocorrências, em Goiás, foi registrado nas rodovias estaduais: oito mortes. O número de acidentes chegou a 66 em apenas dois dias de festa - 40 em GOs e 26 em rodovias federais. "O carnaval é, com certeza, um dos feriados que mais produzem vítimas", destacou o soldado Josimar do Carmo Almeida, plantonista, ontem, como assessor de Comunicação da Polícia Militar (PM). "É o feriado que mais caracteriza a mistura perigosa entre imprudência, bebida e direção", acrescentou.
Dos acidentes atendidos pelo Batalhão Rodoviário da PM, nas estradas goianas, o considerado mais grave envolveu três veículos e matou, de uma única vez, três pessoas: Edmundo Pereira da Silva, de cerca de 45 anos; Andréia de Faria Santos, de 27; e Cícero Vitor Fernandes Oliveira, de 15.
De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da PM, eles viajavam pela GO-118, no sábado, em um Fiat Palio, placas JGP-6266, de Brasília (DF), na companhia de uma quarta pessoa - Lailla Fernandes Oliveira, de 16, que sobreviveu, mas teve ferimentos graves -, quando, por volta das 17 horas, se envolveram no acidente, no quilômetro 113 da rodovia, entre São João d'Aliança e Alto Paraíso. "Um outro veículo, o Gol placas JGO-3694, de Formosa, bateu na traseira da caminhonete SR Random, placas JLG-7461, de Canarana (BA), e o Palio em que estavam as vítimas tentou desviar. A manobra não teve sucesso e o carro capotou", contou o soldado Josimar.
O condutor do Gol, Eloi Goelzer, de 30 anos, e as passageira Joana da Silva Goelzer, de 25, e Simone Soares de Almeida, de 23, tiveram ferimentos entre leves e graves e foram socorridos. O mesmo ocorreu com o motorista da caminhonete, Antônio da Silva Mascarenhas, de 56.
Também no sábado, mais tarde, em torno das 20 horas, outro acidente, na GO-070, quilômetro 28, no trecho entre Goianira e Caturaí, envolveu, de novo, três veículos, e matou José Mauro Mamedes Nunes, de 46. Conforme o boletim de ocorrência, ele conduzia o Fusca placas KAX-0906, de Inhumas, atingido de frente pelo Fiat Palio, MTM-8975, também de Inhumas, que rodou na pista após bater na lateral da Hilux placas NLU-7539, de Anápolis. O motorista da Hilux, Donivaldo Gomes dos Santos, de 41; o motorista e a passageira do Palio, Wanderson Soares da Silva, de 26, e Josiane Ferreira da Costa, de 25, sofreram apenas ferimentos leves.
Outros três acidentes com mortos, em rodovias estaduais, foram registrados no sábado, e, mais um, no domingo. Na GO-020, quilômetro 100, entre Santa Cruz de Goiás e Cristianópolis, a vítima foi Carmen Laura Maria de Rezende, de 16, que morreu ontem, após o carro em que viajava como passageira sair da pista, capotar e chocar-se com uma árvore. No sábado, morreram, ainda, Cirineu Gonçalves Cruzeiro, de 42, em acidente na GO-221, quilômetro 19, entre Iporá e Palestina de Goiás; Eliene Rodrigues de Oliveira, 3º sargento do Corpo de Bombeiros, numa colisão frontal entre duas motos; e Emivalso Soares de Almeida, de 45, na GO-553, quilômetro 6, em Pirenópolis, em acidente que também envolveu duas motos.
Em rodovias federais que cortam o Estado, pelo menos uma morte e dois acidentes haviam sido registrados nos dois primeiros dias de carnaval. No início da tarde de sábado, na BR-153, próximo a Goianápolis, o motociclista Natalino Pereira Souza, de 70, morreu, no quilômetro 109, quando a moto em que viajava foi colhida por um carro. Ontem à noite, outro acidente envolvendo um carro e uma moto foi atendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na mesma BR, só que no trecho entre Aparecida e Goiânia. Até o fechamento desta edição não havia informação sobre mortos.
Em todo o País, foram 95 pessoas mortas
São Paulo -Os acidentes nas rodovias federais de todo o País mataram, desde a noite de sexta-feira, quando teve início a operação carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF), 95 pessoas. Somente no sábado, 58 pessoas morreram. No total, foram registrados 1046 acidentes e 555 feridos.
No sábado, a PRF realizou 5777 testes de alcoolemia, sendo que 190 deram resultado positivo, e prendeu 75 pessoas por embriaguez. Os números foram maiores do que os registrados na sexta-feira, quando 37 pessoas morreram e 35 foram presas por consumo abusivo de álcool. No total, desde o início do carnaval, foram 2008 acidentes, 95 mortos e 110 presos por embriaguez. A operação segue até o final do feriado, na quarta-feira.
Tragédia
As 26 vítimas da tragédia na BR-282 foram enterradas em cinco municípios do Rio Grande do Sul ontem. Elas estavam num ônibus com placas de Horizontina (RS) e num caminhão com placas de Pelotas (RS), que colidiram na madrugada de sábado em Descanso (SC). Outras 23 pessoas ficaram feridas. No fim da tarde de ontem, 11 ainda estavam internadas em hospitais de São Miguel do Oeste, Xanxerê e Concórdia, todas em Santa Catarina.
O velório coletivo de 19 corpos, no salão do Centro Comunitário Tiradentes, em Linha Salto, no interior de Santo Cristo, foi visitado por cerca de 5 mil pessoas, segundo cálculo de soldados da Brigada Militar. A tragédia dizimou parte da comunidade que tem cerca de 80 famílias e 300 pessoas dedicadas sobretudo à agricultura.
O grupo havia saído da localidade por volta da meia-noite de sexta-feira e viajava para um torneio de boliche e confraternização com amigos em Marechal Cândido Rondon (PR). Entre os mortos estão líderes comunitários, casais que deixaram filhos órfãos, jovens e adolescentes. A lista das vítimas tinha cinco nomes da família Bocorni e três da família Kraemmer.
O velório começou às 22 horas de sábado e estendeu-se até o início da tarde de ontem. Depois da cerimônia, 18 caixões foram transportados ao cemitério em dois caminhões, enquanto a multidão seguiu caminhando, sob um sol escaldante. O sepultamento ocorreu no início da tarde.
PRF já flagrou dez motoristas dirigindo embriagados nas estradas
Beber e dirigir é uma combinação que representa perigo para todo mundo, mas pelo menos dez motoristas flagrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nas últimas sexta-feira, sábado e domingo, dirigindo embriagados, apostam que não. O caso mais grave ocorreu na BR-153, no posto policial de Uruaçu, envolvendo o motorista de uma caminhão. Somente na manhã de ontem, outros nove motoristas foram presos pelo mesmo motivo pela PRF.
No caso do condutor do caminhão baú - que ia de São Paulo (SP) para Belém (PA) -, o motorista foi preso, pagou fiança de 350 reais e foi liberado. Ao buscar o caminhão no posto de Uruaçu, cena de comédia: a PRF constatou que o homem continuava bêbado. No primeiro teste, foi constatado 1,6 miligrama por litro (mg/l). Horas depois, foi feito novo teste de bafômetro, que apontou 0,40 mg/l, cinco vezes mais que o permitido por lei: 0,6 mg/l.
Documento vencido
Ontem, em uma das ocorrências registradas, o motorista, de 27 anos, não apenas estava embriagado, como foi flagrado em outras infrações. Ele conduzia um veículo Vectra com carteira nacional de habilitação provisória e documentação do carro vencida há quatro anos.
A Polícia Rodoviária Federal pede atenção aos motoristas e avisa que, em caso de flagrante de embriaguez ao volante, a multa é pesada: 957 reais. Além disso, a carteira nacional de habilitação é apreendida e há a detenção do infrator.
Amanhã, às 8h30, o inspetor Newton Morais, assessor de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal, deverá conceder uma entrevista coletiva à imprensa para apresentar dados de um balanço parcial da Operação Carnaval. A ação dos policiais rodoviários federais teve início na última sexta-feira e segue até a meia-noite desta quarta-feira.


Fonte: O Popular

 

Untitled Document
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do site ocorrenciaspoliciais
2008 - 2012 © Ocorrências Policiais - Todos os direitos reservados. Acessos: 86376 usuários online Desenvolvimento maabweb.com.br

Warning: mysql_free_result(): supplied argument is not a valid MySQL result resource in /home/ocorr659/public_html/noticias_destaque2.php on line 123